1 3 5

DIAS PARA O CARNAVAL!

Marcelo Messina/Liga SP

Vozes do Carnaval - Grupo de Acesso

Conheça quem são os responsáveis por cantar os sambas de enredo das oito escolas que disputam o Grupo de Acesso no Carnaval 2018

08/01/2018 Redação Liga SP - Foto: Marcelo Messina/Liga SP

BARROCA ZONA SUL
Pixulé: Tradicional intérprete de escolas cariocas com passagens por Império Serrano, São Clemente e Portela, faz sua estreia no Carnaval de São Paulo em 2018.

LEANDRO DE ITAQUERA
Juninho Branco: Criado na escola da Zona Leste, o intérprete retorna à agremiação em 2018 após duas temporadas na Pérola Negra. Será seu décimo Carnaval como voz oficial da Leandro e, em São Paulo, também tem passagem pelo Morro da Casa Verde.

NENÊ DE VILA MATILDE
Agnaldo Amaral: Com longa história no Carnaval paulistano, vai para seu quinto ano consecutivo como voz oficial da escola. Aos 58 anos, também já cantou por Barroca Zona Sul, Camisa Verde e Branco, Pérola Negra, Vai-Vai, Império de Casa Verde e Unidos de Vila Maria.

COLORADO DO BRÁS
Chitão Martins: Natural de Santos, é intérprete da agremiação desde 2012, quando ainda estava na quarta divisão do Carnaval de São Paulo. Vai para seu sétimo desfile à frente da escola do Brás.

CAMISA VERDE E BRANCO
Nêgo: Outra voz de longa história no Carnaval. Nascido em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, é intérprete desde 1986. Em São Paulo, já cantou pela Vila Maria e em 2018 fará sua estreia na tradicional agremiação da Barra Funda.

ÁGUIA DE OURO
Douglinhas, Serginho do Porto e Fernandinho SP: 2018 será o primeiro ano do trio cantando junto no Anhembi. Serginho volta ao Carnaval de São Paulo após duas passagens pela Águia. Douglinhas tem longa história na escola também, mas já passou por Pérola Negra, Tom Maior, Mocidade Alegre, Mancha Verde e X-9 Paulistana. Fernandinho vai para seu segundo Carnaval na agremiação da Pompeia e possui no currículo Vila Maria, Morro da Casa Verde e Imperador do Ipiranga.

PÉROLA NEGRA
Daniel Collête: Dono da que é considerada uma das mais potentes vozes do Carnaval, fará sua estreia pela escola da Vila Madalena. Tem vasta história na folia paulistana, tendo cantado já por X-9 Paulistana, Mocidade Alegre - onde conquistou dois títulos -, Dragões da Real e Leandro de Itaquera

IMPERADOR DO IPIRANGA
Rodrigo Atração e Juninho Berin: é o primeiro ano da dupla na agremiação. Rodrigo Atração já fez parte do carro de som da Império de Casa Verde e cantou pela Colorado do Brás. Já Juninho foi a voz oficial de Tatuapé e Mancha, além de ter participado na Mancha Verde e da Vai-Vai.